Quem é convidado para o Reino de Deus?

Qual é o reino de Deus? Ele está no céu? O que a Bíblia diz sobre esse reinado? Vamos ver os seguintes versos. Um trabalho em grande escala, mas isso vai cativar você.

107. Quem é convidado para fazer parte do Reino de Deus, anunciado e executado por Jesus? 541-546 567 Jesus convida todos os homens a fazer parte do Reino de Deus. Até o pior pecador é chamado a converter e aceitar a Infinita Misericórdia do Pai. O Reino pertence, já aqui na Terra, àqueles que o recebem com um coração humilde. Seus mistérios são revelados a eles.

  • 108.
  • Por que Jesus manifesta o Reino através de sinais e milagres? 547-550 567 Jesus acompanha sua palavra com sinais e milagres para testemunhar que o Reino está presente nele.
  • O Messias.
  • Embora ele tenha curado algumas pessoas.
  • Ele não veio para eliminar todos os males aqui.
  • Mas para nos libertar acima de tudo da escravidão do pecado.
  • A rejeição dos demônios anuncia que sua cruz será vitoriosa nele? Príncipe deste mundo? (Jn 12.
  • 31).

109. No Reino, que autoridade Jesus confere aos seus apóstolos? 551-553 567 Jesus escolhe os Doze, futuras testemunhas de sua ressurreição, e os envolve em sua missão e autoridade para ensinar, absolver, construir e governar a Igreja. Nesta universidade, Peter fica? As chaves do reino? (Mt 16:19) e assume o primeiro lugar, com a missão de preservar a fé em sua integridade e confirmar seus irmãos.

110. Qual é o significado da Transfiguração? 554-556 568 Na Transfiguração, a Trindade aparece acima de tudo 😕 O Pai na voz, o Filho no homem, o Espírito na nuvem luminosa? (São Tomás de Aquino). Evocando você? Começar? Com Moisés e Elias (Lucas 9:31), Jesus mostra que sua glória passa pela cruz e antecipa sua ressurreição e sua gloriosa vinda, quem transfirá nosso corpo miserável para se conformar com seu glorioso corpo? (Ph. 3, 21).

“Você foi transfigurado na montanha, e na medida em que você foi capaz de fazê-lo, seus discípulos contemplaram sua glória, Deus Deus, para que quando o vissem crucificado, eles entendessem que sua Paixão era voluntária e anunciassem ao mundo que você é realmente a canela do Pai? (Liturgia Bizantina).

111. Como se desenrola a entrada messiânica de Jerusalém? 557-560 569-570 No momento indicado, Jesus decide ir a Jerusalém para sofrer sua paixão, morrer e se levantar. Como o Rei Messias que manifesta a vinda do Reino, ele entra em sua cidade na parte de trás de um burro. Ele é recebido pelos pequenos, cuja aclamação se repete no santuário eucarístico: “Bem-aventurado aquele que vem em nome do Senhor! Hosanna (salve-nos)? (Mt 21:9), a liturgia da Igreja começa a Semana Santa com a celebração desta entrada em Jerusalém.

JESUS CRISTO SOB PÔNCIO PILATOS, ELES FORAM CRUCIFICADOS, MORTOS E DESAPARECIDOS?

112. Qual é a importância do Mistério paschal de Jesus? 571-573 O Mistério paschal de Jesus, que inclui sua paixão, morte, ressurreição e glorificação, está no coração da fé cristã, porque o plano de salvação de Deus foi cumprido de uma vez por todas com a morte redentora de seu Filho, Jesus Cristo. .113. Por que Jesus foi condenado? 574-576 Alguns líderes em Israel acusaram Jesus de agir contra a Lei, contra o templo em Jerusalém, e em particular contra a fé no único Deus, porque ele se autoproclamou o Filho de Deus. Então eles entregaram ao Pilatos pela condenação. até a morte

114. Como Jesus se comportou com a lei de Israel? 577-582 592 Jesus não aboliu a lei dada por Deus a Moisés no Sinai, mas a completou dando a interpretação final. É o Legislador Divino que executa plenamente este Loi. Além disso, o servo fiel, com sua morte expiando, oferece o único sacrifício capaz de redimir tudo: os pecados cometidos pelos homens sob o primeiro Pacto? (Ele 9:15).

115. ¿Cuál fue la actitud de Jesús hacia el templo de Jerusalén? 583-586 593 Jesús fue acusado de hostilidad hacia el Templo. Sin embargo, lo veneró como ?la morada de su Padre? (Jn 2, 16) y les dictó una parte importante de su enseñanza. Pero también predijo su destrucción, en relación con su propia muerte, y se presentó como la morada definitiva de Dios entre los hombres.

116. Jesus contradisse a fé de Israel em um e em salvar Deus? 587-591 594 Jesus nunca contradisse a fé em um Deus, mesmo quando fez a obra divina por excelência que cumpriu as promessas messiânicas e a revelou como a mesma de Deus: o perdão dos pecados. O pedido de Jesus para acreditar nele e nos tornar permite entender o trágico mal-entendido do sinténdio que ele considerava que Jesus merecia a morte porque ele era blasfemo.

117. Quem é responsável pela morte de Jesus? 595-598 A paixão e a morte de Jesus não podem ser atribuídas indiscriminadamente a todos os judeus que viveram naquela época, nem aos outros judeus que vieram mais tarde no tempo e no espaço. Cada pecador, ou seja, todo homem, é verdadeiramente a causa e o instrumento do sofrimento do Redentor, e mais seriamente são aqueles, especialmente os cristãos, que na maioria das vezes caem no pecado ou se dão aos vícios.

118. Por que a morte de Cristo é parte do plano de Deus? 599-605 619 Para reconciliar todos os homens condenados à morte pelo pecado, Deus tomou a iniciativa amorosa de enviar Seu Filho para se render à morte pelos pecadores. Anunciada no Antigo Testamento, especialmente como o sacrifício do servo em sofrimento, a morte de Jesus ocorreu “de acordo com as escrituras”.

119. Como Cristo ofereceu ao Pai? 606-609 620 Toda a vida de Cristo é oferecida gratuitamente ao Pai para cumprir seu plano de salvação. Você dá sua vida para o resgate para muitos? (Ms. 10:45) e assim concilia toda a humanidade com Deus. Seu sofrimento e morte mostram como sua humanidade é o instrumento livre e perfeito do amor divino que quer a salvação de todos os homens.

120. Como a oferta de Jesus é expressa na Última Ceia? 610-611 620 Na Última Ceia com os Apóstolos na véspera da Paixão, Jesus antecipa, ou seja, significa e percebe diante da oferta voluntária de si mesmo: É o corpo que é dado a mim? (Lc 22:19), é o meu sangue que é derramado? (Mt 26.28). Ao mesmo tempo, instituiu a Eucaristia como um “Memorial”. (1 Coríntios 11:25) de seu sacrifício e seus apóstolos como sacerdotes da nova Aliança.

121. O que acontece na agonia do Jardim de Gethsemane? 612 Diante do horror que a morte causa à humanidade, quem é toda santidade, para quem é ele? Autor da vida? (Atos 3:15), a vontade humana do Filho de Deus adere à vontade do Pai: para nos salvar, Jesus aceita carregar nossos pecados em seu corpo? Obediente à morte? (Filipenses 2: 8).

122. Quais são os efeitos do sacrifício de Cristo na cruz? 613-617 622-623 Jesus livremente ofereceu sua vida como um sacrifício expiador, ou seja, ele reparou nossos pecados com a obediência total de seu amor até sua morte. Isso, amor até o fim? (Jn 13:1) do Filho de Deus reconcilia toda a humanidade com o Pai. O sacrifício da Páscoa de Cristo resgata os homens de uma forma única, perfeita e definitiva, e abre a comunhão com Deus.

123. Por que Jesus chama seus discípulos para tomar sua cruz? 618 Ao chamar seus discípulos para pegar sua cruz e segui-la, Jesus quer associar-se ao seu sacrifício os reis redimidos, aqueles que são os primeiros beneficiários.

124. Sob que condições o corpo de Cristo estava na tumba? 624-630 Cristo experimentou uma morte real e um enterro real. Mas a virtude divina preservou seu corpo da corrupção.

JESUS CRISTO ANALISADO A PARTIR DO FUNDO, FORA DE UM TERCEIRO DIA DE MORTE?

125. Qual é o submundo, no qual Jesus desceu? 632-637 O “mundo subterrâneo”, diferente do inferno da condenação, era o estado de todos aqueles, justos e perversos, que haviam morrido antes de Cristo. A alma unida com sua Pessoa divina, Jesus veio para o submundo que esperou seu Redentor finalmente alcançar a visão de Deus. Depois de ganhar, com sua morte, morte e o diabo? Quem tem poder sobre a morte? ? (Ele 2:14), entregou os justos em antecipação ao Redentor e abriu os portões do céu para eles.

126. Qual é o lugar da Ressurreição de Cristo em nossa fé? 631 638 A Ressurreição de Jesus é a coroação da nossa fé em Cristo e, juntamente com a Cruz, representa uma parte essencial do mistério da Páscoa.

Que? Sinais? Você testemunha a ressurreição de Jesus? 639-644 656-657 Além do sinal essencial da tumba vazia, a ressurreição de Jesus é testemunhada pelas mulheres que conheciam Jesus e o anunciam aos Apóstolos. Então Jesus apareceu em Cephas (Pedro) e depois no Doze. Mais tarde, ele apareceu para mais de quinhentos irmãos de cada vez? (1 Corinthians 15:5-6) e outros. Os apóstolos não conseguiram inventar a ressurreição, porque parecia impossível para eles: na verdade, Jesus também os repreendeu por sua descrença.

128. Por que a Ressurreição é ao mesmo tempo um evento importante? 647 656-657 Embora seja um evento histórico, verificável e verificado por sinais e testemunhos, a Ressurreição, como a entrada da humanidade de Cristo na glória de Deus, transcende e transcende a história, como um mistério da fé. Por esta razão, o Cristo Ressuscitado não se manifestou ao mundo, mas aos seus discípulos, tornando-os suas testemunhas diante do povo.

129. Qual é o estado do corpo ressuscitado de Jesus? 645-646 A Ressurreição de Cristo não foi um retorno à mortalidade. Seu corpo ressuscitado é aquele que foi crucificado e carrega os sinais de sua paixão, mas agora participa da vida divina com as propriedades de um corpo glorioso. Por esta razão, o Jesus ressuscitado é soberanamente livre para se apresentar aos seus discípulos como e onde e em diferentes aspectos.

130. Como é a ressurreição da Santíssima Trindade? 648-650 A Ressurreição de Cristo é uma obra transcendente de Deus. As três pessoas agem juntas de acordo com o que lhes pertence: o Pai manifesta seu poder; O filho? Retoma a vida que ofereceu de graça (Jn 10:17), reunindo sua alma e corpo, que o Espírito revigora e glorifica.

131. Qual é o significado salvador e o significado da Ressurreição? 651-655 658 A Ressurreição é o ápice da encarnação. Confirma a divindade de Cristo, bem como tudo o que ele fez e ensinou, e cumpre todas as promessas divinas em nosso nome. Além disso, o Ressuscitado, vencedor do pecado e da morte, é o início de nossa justificativa e ressurreição: ele agora nos dá a graça da adoção filial, que é a participação real em sua vida como o único Filho; então, no final dos tempos, levantará nossos corpos.

JESUS FOI PARA O CÉU, SENTA-SE À DIREITA DO PAI TODO-PODEROSO?

132. O que representa a Ascensão? 659-667 Após quarenta dias desde que os Apóstolos foram mostrados sob o pretexto de uma humanidade comum, que escondeu sua glória do Ressuscitado, Cristo sobe ao céu e senta-se à mão direita do Pai. Ele é o Senhor que agora reina com sua humanidade na glória eterna do Filho de Deus e constantemente intercede em nosso nome diante do Pai. Ele nos envia seu Espírito e nos dá esperança de alcançá-Lo um dia, tendo preparado um lugar para nós.

A VIDA E A MORTE SERÃO JULGADAS?

133. Como o Senhor Jesus governa agora? 668-674 680 Senhor do cosmos e da história, Chefe de sua Igreja, o Cristo glorificado permanece misteriosamente na Terra, onde seu reino já está presente como uma semente e começa na Igreja. Um dia ele será glorioso, mas não sabemos a hora. Por esta razão, vivemos em vigilância, rezando: Veja, Senhor? (Ap 22.20).

134. Como a vinda da glória do Senhor se tornará realidade? 675-677 680 Após a última turbulência cósmica deste mundo que passa, a gloriosa vinda de Cristo ocorrerá com o triunfo final de Deus na parusidade e com julgamento final. Então

cumprirá o Reino de Deus. 135. Como Cristo julgará os vivos e os mortos? 678-679 681-682 O Cristo julgará com o poder que adquiriu como o Redentor do mundo, para salvar os homens. Os segredos dos corações serão revelados, assim como a conduta do outro em relação a Deus e aos outros. Todo homem será preenchido com vida ou condenado pela eternidade de acordo com suas obras. Então, a plenitude de Cristo será cumprida? (Ep 4, 13), em quê? Deus estará tudo em tudo? (1 Cor 15:28) CAPÍTULO TRÊS EU ACREDITO NO ESPÍRITO SANTO, SE EU ACREDITO NO ESPÍRITO SANTO?

136. O que a Igreja significa quando ela professa: Eu acredito no Espírito Santo? 683-686 Acreditar no Espírito Santo é professar a terceira Pessoa da Santíssima Trindade, que vem do Pai e do filho e é “adorada e glorificada com o Pai e o Filho”. O Espírito foi enviado para nossos corações? (Gálatas 4:6), para que possamos receber uma nova vida dos filhos de Deus.

137. Por que a missão do Filho e do Espírito é inseparável? 687-690 742-743 Na trindade indivisível, o Filho e o Espírito são diferentes, mas inseparáveis. Do início ao fim dos tempos, na verdade, quando o Pai envia seu Filho, ele também envia seu Espírito para unir Cristo na fé, para que das crianças adotadas possamos chamar deus. Pai? (Romanos 8:15). O Espírito é invisível, mas o conhecemos através de sua ação quando nos revela a Palavra e quando age na Igreja.

138. Quais são os títulos do Espírito Santo? 691-693? Espírito Santo? É o nome certo da terceira pessoa da Santíssima Trindade. Jesus também o chama: Espírito Paraclito (Consolador, Advogado) e Espírito da Verdade. O Novo Testamento também o chama: Espírito de Cristo, do Senhor, de Deus, do Espírito da Glória, da Promessa.

139. Que símbolos o Espírito Santo é representado? 694-701 Há muitos: água viva, que nasce do coração perfurado de Cristo e sacia a sede dos batizados; a junção de petróleo, que é o sinal sacramental da Confirmação; fogo, que transforma o que toca; a nuvem, escura ou brilhante, em que a glória divina é revelada; a colocação sobre as mãos, para a qual o Espírito é dado; a pomba, que desce sobre Cristo e permanece sobre ele no batismo.

140. O que significa que o Espírito falou através dos profetas? 687-688 702-706 743 O termo profetas refere-se àqueles que foram inspirados pelo Espírito Santo para falar em nome de Deus. O Espírito realiza as profecias do Antigo Testamento em Cristo, cujo mistério é revelado no Novo Testamento.

141.717-720 O Espírito enche João Batista, o último profeta do Antigo Testamento, a quem, sob sua ação, é enviado para preparar um bom povo para o Senhor. (Lc 1:17) e para proclamar a vinda de Cristo, o Filho de Deus: em quem ele viu o Espírito descer e permanecer? Aquele que batiza no Espírito? (Jn 1,33).

142. Qual é a obra do Espírito em Maria? 721-726 744 O Espírito Santo completa em Maria as expectativas e preparação do Antigo Testamento para a vinda de Cristo. De uma forma única, ele a enche de graça e faz sua virgindade frutífera, para dar à luz o Filho de Deus encarnado. Ela faz dela a Mãe do “Cristo Total”, que é Jesus, a Cabeça e a Igreja, seu corpo. Maria está presente entre os doze no dia de Pentecostes, quando o Espírito os abre? Últimos dias? com a manifestação da Igreja.

143. Qual é a relação entre o Espírito e Cristo Jesus em sua missão terrena? 727-730 745-746 O Filho de Deus pela doação do Espírito é o Messias consagrado em sua humanidade desde a Encarnação. Ele revela-o em seu ensino, cumprindo a promessa feita aos Pais, e comunica-a à nascente Igreja, respirando os apóstolos após sua ressurreição.

144. O que acontece em Pentecostes? 731-732 738 Cinquenta dias após sua ressurreição em Pentecostes, um Jesus Cristo glorificado derrama o Espírito e o manifesta na Persona divina, que a Santíssima Trindade pode ser totalmente revelada. A Missão de Cristo e do Espírito torna-se a Missão da Igreja, enviada para proclamar e espalhar o mistério da comunhão trinitária. Vimos a verdadeira Luz, recebemos o Espírito Celestial, encontramos fé verdadeira: adoramos o indivisível Godhead porque ele nos salvou? (Liturgia bizantina, trópicos na véspera de Pentecostes).

145. O que o Espírito faz na Igreja? 733-741 747 O Espírito constrói, encoraja e santifica a Igreja: Espírito de Amor, restaura aos batizados a semelhança divina perdida pelo pecado, e os faz viver em Cristo, a Vida da Santíssima Trindade. Você os envia para testemunhar a verdade de Cristo e organizá-los em suas funções mútuas, para que todos possam dar o fruto do Espírito? (Gálatas 5:22).

146. Como Cristo e seu Espírito agem nos corações dos fiéis? 738-741 Através dos sacramentos, Cristo comunica aos membros de seu Corpo seu Espírito e a graça de Deus que carrega os frutos de uma nova vida, de acordo com o Espírito. Finalmente, o Espírito Santo é o mestre da oração.

“Eu acredito na igreja católica” A Igreja no Plano de Deus

O que significa o termo Igreja? 751-752 777.804 Designa o povo a quem Deus reúne e reúne de todos os confins da terra, para formar a montagem daqueles que, através da fé e do batismo, tornam-se filhos de Deus, membros de Cristo e do Templo do Espírito Santo.

148. Há outros nomes e imagens com os quais a Bíblia indica a Igreja? 753-757 Nas Escrituras Sagradas encontramos muitas imagens que destacam aspectos complementares do mistério da Igreja. O Antigo Testamento promove imagens relacionadas ao povo de Deus; o Novo Testamento, aqueles relacionados a Cristo como a cabeça desse povo, que é o seu corpo, e aqueles presos na vida pastoral (pastor, rebanho, ovelha), agricultura (campo, oliveira, vinhedo), habitação (habitação, pedra, templo), família (namorada, mãe, família).

149. Qual é a origem e a realização da Igreja? 758-766 778 A Igreja encontra sua origem e realização no plano eterno de Deus, que foi preparado na Antiga Aliança com a eleição de Israel, um sinal da futura reunião de todas as nações. Fundada pelas palavras e ações de Jesus Cristo, foi alcançada principalmente por sua morte e ressurreição redentoras. Em seguida, manifestou-se como um mistério da salvação através do derramamento do Espírito Santo para Pentecostes. Ele terá sua realização no final dos tempos como a assembleia celestial de todos os resgatados.

150. Qual é a missão da Igreja? 767-769 A missão da Igreja é proclamar e estabelecer entre todos os povos o Reino de Deus inaugurado por Jesus Cristo. Aqui na Terra está a semente e o início deste reino salvador.

151. Como a Igreja é um mistério? 770-773 779 A Igreja é um mistério porque em sua realidade visível há uma realidade espiritual, divina presente e ativa, que só pode ser vista com os olhos da Fé.

152. O que significa que a Igreja é o sacramento universal da salvação? 774-776 780 Isso significa que é um sinal e um instrumento de reconciliação e comunhão de toda a humanidade com Deus e da unidade de toda a raça humana.

A Igreja: Povo de Deus, Corpo de Cristo, Templo do Espírito

153. Por que o povo de Deus da Igreja é? 781 802-804 A Igreja é o povo de Deus porque adorava santificar e salvar os homens não isolados, mas transformando-os em um único povo, unidos pela unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

154. Quais são as características do povo de Deus? 782 Este povo, do qual se torna membro pela fé em Cristo e pelo batismo, vem de Deus, o Pai, pela cabeça de Jesus Cristo, como condição da dignidade e liberdade dos filhos de Deus, pela lei, pelo novo mandamento do amor, que a missão pode ser o sal da terra e a luz do mundo, e a luz do mundo , no final do Reino de Deus. , já começou na Terra.

155. De que forma o povo de Deus participa dos três papéis de Cristo, sacerdote, profeta e rei? 783-786 O povo de Deus participa do escritório sacerdota de Cristo, pois os batizados são consagrados pelo Espírito Santo para oferecer sacrifícios espirituais; ele participa de sua função profética, pois com o senso de fé sobrenatural ele a adere a ela sem falhas, aprofunda-a e atesta a ela; Ele participa de sua função real com serviço, imitando Jesus Cristo, que, rei do universo, tornou-se o servo de todos, especialmente os pobres e o sofrimento.

156. O que é a Igreja como o corpo de Cristo? 787-791 805-806 Pelo Espírito, o Cristo morto e ressuscitado intimamente une seus fiéis consigo mesmo. Dessa forma, os crentes em Cristo, tão próximos a ele, especialmente na eucaristia, unem-se uns aos outros na caridade, formando um corpo, a Igreja, cuja unidade é realizada na diversidade de membros e funções.

Quem é a cabeça deste corpo? 792-795 807 Cristo é a Cabeça do Corpo, que é a Igreja? (Col 1.18). A Igreja vive sobre ele, nele e para ele. Cristo e a Igreja formam o? Cristo Total? (Santo Agostinho); As cabeças e membros são, por assim dizer, uma única pessoa mística? (São Tomás de Aquino).

158. Por que a esposa de Cristo é chamada de igreja? 796 808 Porque o próprio Senhor se definiu como ele? Marido? (Mk 2:19), que amava a Igreja, unidos em um pacto eterno. Ele se entregou por ela, para purificá-la com seu sangue e santificá-la? (Efésios 5:26) e a mãe frutífera de todos os filhos de Deus. Então, qual é o termo? Corpo? destaca-se a unidade do? Cabeça? com os membros, o termo? Namorada? enfatiza a distinção entre os dois em uma relação pessoal.

159. Por que a igreja é chamada de Templo do Espírito Santo? 797-798 809-810 Porque o Espírito Santo reside no corpo que é a Igreja: em sua cabeça e em suas extremidades; Ele também constrói a Igreja em caridade com a Palavra de Deus, os sacramentos, as virtudes e o carisma. Qual é o nosso espírito, que é a nossa alma, para nossos membros, o mesmo é o Espírito Santo para os membros de Cristo, para o corpo de Cristo, que é a Igreja? (Santo Agostinho)

160. O que são carisma? 799-801 O carisma é um presente especial do Espírito Santo dado às pessoas para o bem dos homens, para as necessidades do mundo e, em particular, para a construção da Igreja, para o ensino daqueles que são exigentes.

A Igreja é uma, santa, católica e apostólica

161. Por que a Igreja é uma? 813-815 866 A Igreja é uma porque tem como origem e modelar a unidade de um Deus na Trindade do povo; como o fundador e líder de Jesus Cristo, que restaura a unidade de todos os povos em um só corpo; encorajado pelo Espírito Santo, que desacompestou todos os fiéis em comunhão com Cristo. Tem uma fé, uma vida sacramental, uma sucessão apostólica, uma esperança comum e a mesma caridade.

162. Onde está a única Igreja de Cristo? 816 870 A única Igreja de Cristo, como uma sociedade formada e organizada no mundo, permanece (continua) na Igreja Católica, governada pelo sucessor de Pedro e pelos Bispos em comunhão com ele. Somente através dela a plenitude dos meios de salvação pode ser alcançada, pois o Senhor confiou todos os bens da Nova Aliança ao único colégio apostólico, cujo líder é Pedro.

163. Como os cristãos não católicos podem ser considerados? 817-819 Em igrejas e comunidades eclesiais, que se separaram da comunhão completa da Igreja Católica, há muitos elementos de santificação e verdade. Todos esses bens vêm de Cristo e empurram para a unidade católica. Os membros dessas Igrejas e Comunidades são incorporados a Cristo no Batismo: é por isso que os reconhecemos como irmãos e irmãs.

164. Como podemos nos engajar na unidade cristã? 820-822 866 O desejo de restaurar a união de todos os cristãos é um dom de Cristo e um chamado do Espírito. Refere-se a toda a Igreja e é realizada através da conversão do coração, oração, conhecimento fraterno mútuo, diálogo teológico.

165. De que forma a Igreja é santa? 823-829 867 A Igreja é santa, pois o Santo Deus é o autor; Cristo entregou-se para ela, para santificá-la e santificá-la; O Espírito Santo o revigora com caridade. Nela está a plenitude dos meios de salvação. A santidade é a vocação de cada um de seus membros e o propósito de todas as suas atividades. A Igreja inclui nela a Virgem Maria e inúmeros santos, como modelos e intercessores. A santidade da Igreja é a fonte da santificação de seus filhos que, aqui na terra, se reconhecem como pecadores, sempre necessitando de conversão e purificação.

166. Por que a igreja se chama Católica? 830-831 868 A Igreja é católica, ou seja, universal, já que Cristo está presente lá: onde está Cristo Jesus? Existe uma Igreja Católica? (San Ignacio de Antioquia). Anuncia a totalidade e integridade da fé; ele carrega e administra a plenitude dos meios de salvação; Ele é enviado em uma missão para todos os povos em todos os momentos e independentemente de sua cultura.

167. A Igreja Católica é especial? 832-835 Cada Igreja em particular (ou seja, a diocese e a eparquia) é católica, formada pela comunidade de cristãos que estão em comunhão na fé e nos sacramentos, com seu bispo ordenado em sucessão apostólica e com a Igreja de Roma, a quem ela preside em caridade? (San Ignacio de Antioquia).

168. Quem pertence à Igreja Católica? 836-838 Todos os homens pertencem de várias maneiras ou são ordenados à unidade católica do povo de Deus. Está totalmente incorporada à Igreja Católica, que, tendo o Espírito de Cristo, está unida pelos laços da profissão de fé, dos sacramentos, do governo eclesiástico e da comunhão, os batizados, que não percebem plenamente essa unidade. Os católicos estão em alguma comunhão, embora imperfeito, com a Igreja Católica.

169. Qual é a relação entre a Igreja Católica e o povo judeu? 839-840 A Igreja Católica reconhece sua relação com o povo judeu no fato de que Deus escolheu esse povo primeiro para aceitar Sua Palavra. O povo judeu pertence à adoção por crianças, glória, alianças, legislação, adoração, promessas, patriarcas; Cristo de acordo com a carne? (Romanos 9: 4-5). Ao contrário de outras religiões não cristãs, a fé judaica já é uma resposta à revelação de Deus na Antiga Aliança.

170. Qual é a conexão entre a Igreja Católica e as religiões não cristãs? 841-845 Há uma conexão, dada sobretudo pela origem e propósito comum de toda a raça humana. A Igreja Católica reconhece que o que é bom e verdadeiro em outras religiões vem de Deus, é o raio de sua verdade, pode se preparar para a aceitação do Evangelho e empurrar para a unidade da humanidade na Igreja de Cristo.

171. O que esta afirmação significa: “Fora da Igreja, não há salvação? 846-848 Isso significa que toda salvação vem de Cristo, a Cabeça, através da Igreja, que é seu Corpo. Portanto, aqueles que, conhecendo a Igreja fundada por Cristo e necessário para a salvação, não podem entrar e perseverar nela não podem ser salvos. Ao mesmo tempo, graças a Cristo e sua Igreja, você pode alcançar a salvação eterna sem ignorar o evangelho de Cristo e sua Igreja, mas sem sinceramente procurar Deus e, sob a influência da graça, lutar para cumprir sua vontade é conhecido através do ditado da consciência.

172. Por que a Igreja deveria proclamar o evangelho para o mundo inteiro? 849-851 Para Cristo ordenado: “Você vai e faz discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo?” (Mt 28.19). Este mandato missionário do Senhor tem sua origem no amor eterno de Deus, que enviou seu Filho e seu Espírito porque ele quer que todos os homens sejam salvos e venham ao conhecimento da verdade. (1 Timóteo 2: 4).

173. Como é a Igreja Missionária? 852-856 Guiada pelo Espírito Santo, a Igreja continua ao longo da história a missão do próprio Cristo. Portanto, os cristãos devem proclamar todas as boas notícias trazidas por Cristo, seguindo seu próprio caminho, também dispostos a sacrificar-se ao martírio.

174. Por que a Igreja é apostólica? 857 869 A Igreja é original apostólica, construída nela? Fundação dos Apóstolos? (Efésias 2:20); para seu ensino, que é o dos apóstolos em si; por sua estrutura, tão educada, santificada e governada, até o retorno de Cristo, pelos apóstolos, graças aos seus sucessores, os Bispos, em comunhão com o sucessor de Pedro.

175. Qual é a missão dos apóstolos? 858-861 A palavra apóstolo significa enviado. Jesus, enviado do Pai, chamou doze de seus discípulos e os nomeou apóstolos, tornando-os testemunhas escolhidas de sua ressurreição e os fundamentos de sua Igreja. Ele deu-lhes o comando para continuar a missão dizendo, Como o Pai me enviou, eu também te mando. (Jn 20:21), e prometendo estar com eles até o fim do mundo.

O que é sucessão apostólica? 861-865 A sucessão apostólica é a transmissão, através do sacramento da Ordem, da missão e poder dos apóstolos aos seus sucessores, os Bispos. Através desta transmissão, a Igreja permanece em comunhão de fé e vida com sua origem, enquanto ao longo dos séculos ela ordena a disseminação do Reino de Cristo na terra, todo o seu apostolado.

Os fiéis: hierarquia, leigos, vida consagrada

Quem são os fiéis? 871-872 Os fiéis são aqueles que, incorporados a Cristo através do batismo, tornam-se membros do povo de Deus. Prontos para participar, de acordo com sua condição, no papel sacerdota, profético e real de Cristo, eles são chamados a cumprir a missão confiada por Deus à Igreja. . Entre eles, há verdadeira igualdade em sua dignidade como filhos de Deus.

178. Como o povo de Deus se forma? 873 934 Na Igreja, pela instituição divina, há os ministros sagrados que receberam o sacramento da Ordem e formam a hierarquia da Igreja. Os outros são chamados leigos. Os fiéis vêm de ambos, que se dedicam de forma especial a Deus através da profissão do conselho evangélico: castidade no celibato, pobreza e obediência.

179. Por que Cristo estabeleceu a hierarquia eclesiástica? 874-876 935 Cristo estabeleceu a hierarquia eclesiástica com a missão de alimentar o povo de Deus em seu nome, e, portanto, deu-lhes autoridade. Consiste em ministros sagrados: bispos, padres, diáconos. Através do Sacramento da Ordem, bispos e sacerdotes atuam, no exercício de seu ministério, no nome e na pessoa de Cristo; Diáconos servem o povo de Deus no diacónio (serviço) de fala, liturgia, caridade.

180. Como é implementada a dimensão colegiada do ministério eclesial? 877 Seguindo o exemplo dos doze apóstolos, eleitos e enviados juntos por Cristo, a união dos membros da hierarquia eclesiástica está a serviço da comunhão de todos os fiéis. Cada bispo exerce seu ministério, como membro do Colégio Episcopal, em comunhão com o Papa, participando dele no interesse da Igreja Universal. Os sacerdotes exercem seu ministério no presbitério da Igreja em particular, em comunhão com e sob sua própria orientação.

181. Por que o ministério da igreja é tão pessoal? 878-879 O ministério eclesial também tem um caráter pessoal, pois, sob o sacramento da Ordem, todos são responsáveis por Cristo, que o chamou pessoalmente, confiando-lhe sua missão.

182. Qual é a missão do Papa? 881-882 936-937 O Papa, Bispo de Roma e sucessor de São Pedro, é o princípio perpétuo e visível e a fundação da unidade da Igreja. Ele é o vigário de Cristo, chefe do colégio de bispos e pastor de toda a Igreja, sobre quem, pela instituição divina, ele tem um poder pleno, supremo, imediato e universal.

183. Qual é a tarefa do Colégio de Bispos? 883-885 O Colégio dos Bispos, em comunhão com o Papa e nunca sem ele, também exerce uma autoridade suprema e completa sobre a Igreja.

184. Como os bispos realizam sua missão de ensino? 888-890 939 Os bispos, em comunhão com o Papa, têm o dever de proclamar o Evangelho com fidelidade e autoridade a todos, como verdadeiras testemunhas da fé apostólica, vestidos com a autoridade de Cristo. Através do significado sobrenatural da fé, o Povo de Deus adere infalivelmente à fé, sob a orientação do Magistério vivo da Igreja.

185. Quando ocorre a infalibilidade do Magistério? 891 Há uma falibilidade quando o Pontífice Romano, em virtude de sua autoridade como Pastor Supremo da Igreja, ou do Colégio de Bispos em comunhão com o Papa, especialmente reunido em um conselho ecumênico, proclama uma doutrina sobre fé ou religião. e também quando o Papa e os bispos, em seu magistério comum, concordam em propor uma doutrina como definitiva. A esses ensinamentos, todo crente deve aderir ao tributo da fé.

186. Como os bispos exercem o ministério da santificação? 893 Os Bispos santificam a Igreja dispensando a graça de Cristo através do ministério da palavra e dos sacramentos, especialmente a eucaristia, mas também através de sua oração, exemplo e trabalho.

187. Como os bispos servem como governo? 894-896 Cada bispo, como membro do Colégio Episcopal, se preocupa com todas as Igrejas particulares e toda a Igreja com os outros bispos unidos com o Papa. O Bispo, que está no comando de uma Igreja em particular, é governado pela autoridade de sua própria autoridade sagrada, ordinária e imediata exercida em nome de Cristo, o Bom Pastor, em comunhão com toda a Igreja e sob a direção de Pedro. Sucessor.

188. Qual é a vocação dos fiéis leigos? 897-900 940 Os fiéis leigos têm sua própria vocação para buscar o Reino de Deus, iluminando e ordenando realidades temporais de acordo com Deus, e desta forma implementar o chamado à santidade e ao apostolado, dirigido a todos os batizados.

189. Como os fiéis leigos participam do escritório sacerdota de Cristo? 901-903 Você participa da oferenda como um sacrifício espiritual? Deus te agrada através de Jesus Cristo? (1 P 2.5), especialmente na Eucaristia, sua própria vida com todas as suas obras, orações e iniciativas apostólicas. , vida familiar e trabalho diário, assédio por paciência e alívio físico e espiritual. Assim, até mesmo os leigos, dedicados a Cristo e consagrados pelo Espírito Santo, oferecem o próprio mundo a Deus.

190. Como você participa do seu escritório profético? 904-907 942 Participe de receber com mais fé a Palavra de Cristo e proclamar-a ao mundo com o testemunho da vida e com a palavra, evangelizando a ação e o catecismo. Esta ação evangélica adquire uma eficiência particular porque ocorre nas condições comuns do século.

191. Como você participa do seu escritório de verdade? 908-913 943 Os leigos participam da real função de Cristo, tendo recebido dele o poder de superar o pecado em si mesmos e no mundo, com a abnegação e santidade de suas vidas. Realizam diversos ministérios a serviço da comunidade e imburam as atividades temporais do homem e das instituições da sociedade com valor moral.

O que é vida consagrada? 914-916 944 É um estado de vida reconhecido pela Igreja. É uma resposta livre a um chamado particular de Cristo, com o qual as pessoas consagradas se dedicam plenamente a Deus e se esforçam pela perfeição da caridade sob o movimento do espírito santo. Essa consagração é caracterizada pela prática de conselhos evangélicos.

193. O que a vida consagrada oferece à missão da Igreja? 931-933 945 A vida consagrada participa da missão da Igreja através da devoção total a Cristo e aos nossos irmãos, testemunhando a esperança do reino celestial.

Eu acredito na comunhão dos santos

194. O que significa a comunhão de expressão dos santos? 946-953 960 Esta expressão indica sobretudo a participação comum de todos os membros da Igreja em coisas sagradas (sancta): fé, sacramentos, especialmente a eucaristia, o carisma e outros dons espirituais. Existe uma instituição de caridade na raiz da comunhão que não busca seu próprio interesse? (1 Coríntios 13:5), mas isso empurra os fiéis a unir tudo? (Atos 4:32), incluindo seus próprios bens físicos em serviço. dos mais pobres

O que a comunhão de expressão dos santos ainda significa? 954-959 961-962 Esta expressão também se refere à comunhão entre o povo santo (sancti), ou seja, entre aqueles que se ligam pela graça aos mortos e aos ressuscitados de Cristo. Alguns são peregrinos na Terra; outros, além desta vida, são purificados, também ajudados por nossas orações; Outros, finalmente, já desfrutam da glória de Deus e interceram por nós. Juntos formam em Cristo uma família, a Igreja, para o louvor e glória da Trindade.

Maria Mãe de Cristo, Mãe da Igreja

196. De que forma a Virgem Maria, Mãe da Igreja é abençoada? 963-966 973 A Virgem Maria é a Mãe da Igreja na ordem da graça porque deu à luz Jesus, o Filho de Deus, o Chefe do Corpo que é a Igreja. Jesus, morrendo na cruz, a encaminhou como sua mãe para o discípulo com estas palavras: Esta é sua mãe? (Jn 19,27).

197. Como a Virgem Maria ajuda a Igreja? 967-970 Após a ascensão de seu Filho, a Virgem Maria ajuda, através de suas orações, o início da Igreja. Mesmo depois de ser trazida para o céu, ela continua a interceder por seus filhos, ser um modelo de fé e caridade para todos, e exercer uma influência saudável sobre eles, que decorre do excesso de méritos de Cristo. Os fiéis veem nela uma imagem e uma amostra da ressurreição que os espera, e a invocam como defensor, ajudante, salvadora, mediadora.

198. Que tipo de adoração é dirigida à Virgem Maria? 971 É um culto singular, mas difere essencialmente da adoração da adoração, dada apenas à Santíssima Trindade. Este culto de uma veneração particular encontra uma expressão especial nas festas litúrgicas dedicadas à Mãe de Deus e na oração mariana, como o Santo Rosário, um resumo de todo o Evangelho.

199. ¿Cómo es la Santísima Virgen María el icono escatológico de la Iglesia? 972 974-975 Mirando a María, toda santa y ya glorificada en cuerpo y alma, la Iglesia contempla en ella lo que ella misma está llamada a estar en la tierra y lo que será en la patria celestial.

? Eu acredito na remissão de

pecados mortais? 200. Como você perdoa os pecados? 976 980 984-985 O primeiro e mais importante sacramento para o perdão dos pecados é o batismo. Para os pecados cometidos após o batismo, Cristo instituiu o Sacramento da Reconciliação ou Penitência, pelo qual os batizados se reconciliam com Deus e com a Igreja.

201. Por que a Igreja tem o poder de perdoar os pecados? 981-983-986-987 A Igreja tem a missão e o poder de perdoar os pecados, pois o próprio Cristo lhe deu: Ele recebe o Espírito Santo; Quem você perdoará os pecados, e aqueles que não os perdoarem não serão perdoados? (Jn 20, 22-23).

“EU ACREDITO QUE A RESSURREIÇÃO DA CARNE”

202. Qual é o termo carne e quão importante é? 990 1015 O termo carne refere-se ao homem em seu estado de fraqueza e mortalidade. A carne é a pedra angular da salvação? (Tertullian). Na verdade, acreditamos em Deus, o criador da carne; Acreditamos na Palavra feita carne para redimir carne; Acreditamos na ressurreição da carne, no cumprimento da criação e na redenção da carne.

203. O que isso significa: a ressurreição da carne? 990 Isso significa que o estado final do homem não será apenas a alma espiritual separada do corpo, mas até mesmo nossos corpos mortais voltarão à vida.

204. Qual é a relação entre a Ressurreição de Cristo e a nossa? 998 1002-1003 Como Cristo realmente ressuscitou dos mortos e vive para sempre, então ele se levantará até o último dia, com um corpo incorruptível: “Aqueles que fizeram o bem para a ressurreição da vida e aqueles que fizeram o mal para a ressurreição da condenação?” (Jn 05:29).

205. Com a morte, e nossos corpos e almas? 992-1004 1016-1018 Com a morte, separação de alma e corpo, o corpo cai em corrupção, enquanto a alma, que é imortal, encontra o julgamento de Deus e espera encontrar o corpo quando, ao seu retorno, o Senhor se transforma. Entender como a ressurreição ocorrerá excede as possibilidades de nossa imaginação e intelecto.

206. O que significa morrer em Cristo Jesus? 1005-1014 1019 significa morrer na graça de Deus, sem pecado mortal. O crente em Cristo, seguindo seu exemplo, pode transformar sua própria morte em um ato de obediência e amor pelo Pai. Esta palavra é verdadeira: se morrermos com ele, também viveremos com ele? (2 Tim 2:11).

EU ACREDITO NA VIDA ETERNA?

O que é a vida eterna? 1020 1051 A vida eterna é aquela que começará imediatamente após a morte. Não haverá fim. Será precedido por cada um deles por um julgamento particular de Cristo, o juiz dos vivos e dos mortos, e sancionado pelo julgamento final.

208. Qual é o julgamento particular? 1021-1022 1051 É o julgamento da punição imediata que cada um, desde sua morte, recebe de Deus em sua alma imortal, em relação à sua fé e suas obras. Esta remuneração consiste no acesso à felicidade do céu, imediatamente ou após a purificação adequada, ou condenação eterna no inferno.

O que é “céu”? 1023-1026 1053? Céu? significa o estado de felicidade suprema e final. Aqueles que morrem na graça de Deus e não precisam mais de purificação se reúnem em torno de Jesus e Maria, anjos e santos. Então eles formam a Igreja do Céu, onde vêem Deus cara a cara? (1 Coríntios 13:12), viver em comunhão de amor com a Santíssima Trindade e intercen para nós.

“A vida, em sua realidade e verdade, é o Pai, que, através do Filho no Espírito Santo, espalha seus dons celestiais como fonte em todos nós. E por sua bondade, ele realmente nos promete, seres humanos, os bens divinos da vida eterna? (São Cirilo de Jerusalém).

O que é purgatório? 1030-1031 1054 Purgatório é o estado daqueles que morrem na amizade de Deus, mas embora tenham certeza de sua salvação eterna, eles ainda precisam de purificação para entrar na felicidade celestial.211. Como podemos ajudar a purificar almas no purgatório? 1032 Em virtude da comunhão dos santos, os peregrinos fiéis na terra podem ajudar as almas do purgatório oferecendo-lhes orações de sufrágio, especialmente sacrifícios eucarísticos, mas também esmolas, indulgências e obras de penitência.

O que é o inferno? 1033-1035 1056-1057 Consiste na condenação eterna daqueles que morrem livremente em pecado mortal. O principal castigo do inferno reside na separação eterna de Deus, na qual só o homem tem vida e felicidade, para a qual foi criado e a quem aspira. Cristo expressa essa realidade com as palavras: “Caminho, longe de mim, amaldiçoado, no fogo eterno” (Mt 25:41).

213. Como a existência do inferno pode ser conciliada com a infinita bondade de Deus? 1036-1037 Deus, mesmo que você queira que todos tenham uma maneira de se arrepender? (2 P 3:9), no entanto, tendo criado um homem livre e responsável, ele respeita suas decisões. Portanto, é o próprio homem que, com total autonomia, voluntariamente exclui-se da comunhão com Deus se, até o momento de sua morte, ele persiste no pecado mortal, rejeitando o amor misericordioso de Deus.

214. Qual será o julgamento? Final? 1038-1041 1058-1059 O julgamento final (universal) consistirá no julgamento da vida abençoada ou da condenação eterna, que o Senhor Jesus, retornando como juiz dos vivos e dos mortos, governará sobre os justos e os injustos. (Atos 24.15), todos reunidos diante dele. Após este julgamento final, o corpo ressuscitado participará da punição que a alma teve no julgamento particular.

215. Quando será esse julgamento? 1040 Este julgamento ocorrerá no fim do mundo, dos quais só Deus sabe o dia e a hora.

216. Qual é a esperança dos novos céus e da nova terra? 1042-1050 1060 Após o julgamento final, o próprio universo, livre da escravidão da corrupção, participará da glória de Cristo com a inauguração de? Novos céus? E um? Novas terras? (2 P 3: 13). Desta forma, a plenitude do Reino de Deus será realizada, ou seja, a realização final do plano salvador de Deus para “recapitular em Cristo todas as coisas, tanto as do céu quanto da terra”. (Ef l, l0). Será Deus, então? (1 Coríntios 15:28), na vida eterna.

? Amém?

O que Amen, que conclui nossa profissão de fé, significa? 1061-1065 A palavra hebraica Amém, que também conclui o último livro das Escrituras Sagradas, algumas orações do Novo Testamento e liturgias da igreja, significa nossa média? Sim? certeza e total do que afirmamos acreditar, tendo total confiança em quem ele é. ?? Amém? (Rev 3.14) definitivo: Cristo, o Senhor.

PARTE DOIS, A CELEBRAÇÃO DO

SEÇÃO DO MISTÉRIO CRISTÃO ANTES DA ECONOMIA SACRAMENTAL

O que é a liturgia? 1066-1070 A liturgia é a celebração do Mistério de Cristo e, em particular, de seu Mistério da Páscoa. Nele, através do exercício do sacerdócio de Cristo Jesus, com sinais abertos e realiza a santificação dos homens e é realizado pelo Corpo Místico de Cristo, ou seja, a Cabeça e membros da adoração pública de Deus.

219 Qual é o lugar da liturgia na vida da Igreja? 1071-1075 A liturgia, uma ação sagrada por excelência, é o ápice da ação da Igreja e, ao mesmo tempo, a fonte da qual sua força vital emana. Através da liturgia, Cristo continua em sua Igreja, com ela e através dela, o trabalho de nossa redenção.

O que é economia sacramental? 1076 A economia sacramental consiste em comunicar os frutos da redenção de Cristo, através da celebração dos sacramentos da Igreja, especialmente da eucaristia, até que ele venha. (1 Corinthians 11:26).

PRIMEIRO CAPÍTULO O MISTÉRIO DA PÁSCOA NA ÉPOCA DA IGREJA LITURGIA? OBRA DA SANTÍSSIMA TRINDADE 221. Como é o Pai, a fonte e o fim da liturgia? 1077-1083 1110 Na liturgia, o Pai nos enche de suas bênçãos no Filho Encarnado, morto e ressuscitado por nós, e espalha o Espírito Santo em nossos corações. Ao mesmo tempo, a Igreja abençoa o Pai com adoração, louvor e ação de graças e implora o presente de seu Filho e do Espírito Santo.

222. Qual é o trabalho de Cristo na liturgia? 1084-1090 Na liturgia da Igreja, Cristo significa e realiza principalmente seu próprio Mistério paschal. Ao dar ao Espírito Santo aos Apóstolos, ele deu a eles e seus sucessores o poder de realizar a obra de salvação através do sacrifício eucarístico e dos sacramentos, nos quais ele próprio age para comunicar sua graça aos fiéis de todos. tempo e o tempo todo. o mundo

223. Na liturgia, como o Espírito Santo age em relação à Igreja? 1091-1109 1112 A cooperação mais próxima entre o Espírito Santo e a Igreja ocorre na liturgia. O Espírito Santo prepara a Igreja para encontrar seu Senhor; lembra e manifesta Cristo à fé da congregação; faz o mistério de Cristo presente e atualizado; ele traz a Igreja para a vida e missão de Cristo e torna o dom da comunhão frutífero.

O MISTÉRIO DA PÁSCOA NOS SACRAMENTOS DA IGREJA

O que são os sacramentos e o que são eles? 1113-1131 Os sacramentos são sinais sensíveis e eficazes de graça, instituídos por Cristo e confiados à Igreja, pelos quais nos é concedida a vida divina. São sete: batismo, confirmação, eucaristia, penitência, aedção dos doentes, ordem e casamento.

225. Qual é a relação dos sacramentos com Cristo? 1114-1116 Os mistérios da vida de Cristo formam a base do que Cristo, através dos ministros da Igreja, agora transmite nos sacramentos.

O que era visível em nosso Salvador que aconteceu com seus sacramentos? (São Leão, o Grande).

226. Qual é a conexão entre os sacramentos e a Igreja? 1117-1119 Cristo confiou os sacramentos à sua Igreja. São “da Igreja” em sentido duplo: são “dela”, pois são as ações da Igreja, que é o sacramento da ação de Cristo; e são “a favor” no sentido de que eles constroem a Igreja.

227. Qual é o caráter sacramental? 1121 É um selo espiritual, conferido pelos sacramentos do batismo, confirmação e ordem. É uma promessa e uma garantia de proteção divina. Sob este selo, o cristão é configurado para Cristo, participa de várias maneiras em seu sacerdócio, e faz parte da Igreja de acordo com diferentes estados e funções. Ele então dedicou-se à adoração divina e ao serviço da Igreja. Como o personagem é indelével, os sacramentos, que o imprimem, são recebidos apenas uma vez na vida.

228. Qual é a relação dos sacramentos com a fé? 1122-1126 1133 Os sacramentos não só assumem a fé, mas com palavras e elementos rituais alimentam, fortalecem e expressam. Celebrando os sacramentos, a Igreja confessa a fé apostólica. Daí vem o velho ditado: “Lex orandi, lex credendi”, ou seja, a Igreja acredita na oração.

229. Por que os sacramentos são eficazes? 1127-1128 1131 Os sacramentos são eficazes ex operete (pelo fato de que a ação sacramental é realizada?), porque é Cristo quem age neles e comunica a graça que eles significam, independentemente da santidade pessoal do ministro. No entanto, os frutos dos sacramentos também dependem dos arranjos daqueles que os recebem.

230. Por que os sacramentos são necessários para a salvação? 1129 Para os crentes em Cristo, os sacramentos são necessários para a salvação, mesmo que nem todos sejam dados a todos os crentes, pois conferem graça sacramental, perdão dos pecados, adoção como filhos de Deus, formação a Cristo, o Senhor e a mim. Pertencente à Igreja. O Espírito Santo cura e transforma aqueles que os recebem.

O que é graça sacramental? 1129; 1131 1134; 2003 A graça sacramental é a graça do Espírito Santo, dada por Cristo e própria a cada sacramento. Esta graça ajuda os fiéis em sua jornada para a santidade, e também ajuda a Igreja em seu crescimento de caridade e testemunha.

232. Qual é a relação entre os sacramentos e a vida eterna? 1130 Nos sacramentos, a Igreja já recebe uma antecipação da vida eterna, enquanto ela permanece, esperando pela esperança abençoada e manifestação da glória de nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo? (Tito 2:13).

CAPÍTULO DOIS A CELEBRAÇÃO SACRAMENTAL DO MISTÉRIO PASCAL

CELEBRE A LITURGIA DA IGREJA

Quem está comemorando?

233. Quem age na liturgia? 1135-1137 1187 Na liturgia? Tudo Cristo? (? Christus Totus?), Cabeça e corpo. Como sumo sacerdote, ele celebra com seu corpo, que é a Igreja celestial e terrena.

234. A quem é celebrada a liturgia celestial? 1138-1139 A liturgia celestial é celebrada pelos anjos, pelos santos das antigas e novas alianças, especialmente pela Mãe de Deus, pelos apóstolos, pelos mártires e por uma grande multidão, ninguém? Você pode contar? De todas as nações, raça, pessoas e línguas? (Ap 7:9). Quando celebramos o mistério da salvação nos sacramentos, participamos desta liturgia eterna.

235. ¿Cómo celebra la Iglesia en la tierra la liturgia? 1140-1144 1188 La Iglesia en la tierra celebra la liturgia como un pueblo sacerdotal, en el cual cada uno trabaja según su propia función, en la unidad del Espíritu Santo: los bautizados se ofrecen en sacrificio espiritual; los ministros ordenados celebran de acuerdo con la Orden recibida para el servicio de todos los miembros de la Iglesia; Obispos y sacerdotes trabajan en la persona de Cristo la Cabeza.

Como você comemora?

236. Como é celebrada a liturgia? 1145 A celebração litúrgica está entrelaçada com sinais e símbolos cujo significado, enraizado na criação e nas culturas humanas, é especificado nos eventos da Antiga Aliança e totalmente revelado na Pessoa e obra de Cristo.

237. De onde vêm os sinais sacramentais? 1146-1152 1189 Alguns vêm da criação (luz, água, fogo, pão, vinho, óleo); outros na vida social (lavagem, aniquilação, fração de pão); outros na história da salvação na Antiga Aliança (ritos da Páscoa, sacrifícios, mãos, consagrações). Esses sinais, alguns dos quais são normativos e imutáveis, assumidos por Cristo, tornam-se portadores da ação de salvação e santificação.

238. Qual é a conexão entre ações e palavras na celebração do sacramento? 1153-1155 1190 Em celebração sacramental, ações e palavras estão intimamente ligadas. De fato, mesmo que ações simbólicas sejam em si uma língua, as palavras do rito devem acompanhar e revigorar essas ações. Inseparáveis como sinais e ensinamentos, palavras litúrgicas e ações também são inseparáveis na medida em que percebem o que significam.

239. Que critérios o canto e a música tocam na celebração litúrgica? 1156-1158 1191 O canto e a música estão intimamente ligados à ação litúrgica, devem respeitar os seguintes critérios: conformidade com a doutrina católica dos textos, preferencialmente das escrituras e fontes litúrgicas; A beleza expressiva da oração; A qualidade da música A participação da montagem; a riqueza cultural do povo de Deus e a celebração sagrada e solene. Quem canta orar duas vezes? (Santo Agostinho)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *